Diferença entre correr na esteira e na rua

Olá amigos, tudo bem?

Hoje iremos abordar um tema um tanto controverso: Esteira ou Rua?

Rua vs Esteira

Fonte: Google

Antes de mais nada é importante dizer que é louvável qualquer uma das opções. Louvável, pois ambas apresentam grandes benefícios a saúde.

Após minha operação optei pela esteira, por ter um controle melhor dos movimentos. Na rua eu iria me deparar com terrenos irregulares e poderia dificultar minha recuperação.

Mas treinar apenas na esteira traz resultados?

Os músculos trabalham com a mesma força nas duas modalidades. Porém o movimento de propulsão do corpo na esteira é mais fácil, e há menores forças que freiam a passada, o que pode significar uma economia de energia. Além disso, as próprias molas da esteira podem acrescentar energia elástica ao movimento de impulsão do corredor.

Quando faço treinos na rua, meu tempo tende a subir em relação a esteira.

Exemplo: Se hoje consigo fazer 5KM em 28 minutos na esteira, consigo fazer os mesmos 5KM em 32 minutos na rua. Sem contar que sinto um cansaço muito maior nas pernas correndo na rua.

Vou listar alguns pontos em ambas as modalidades.

Esteira:

Gera menos impactos nas articulações.

Menores riscos de lesões.

Melhor controle do esforço e dos resultados.

Mais indicada para iniciantes e pra quem está acima do peso.

Ideal para dias chuvosos, de muito calor ou de muito frio.

Menor esforço.

Rua:

Melhora a socialização.

Diferentes paisagens e contato com natureza.

Maior gasto energético.

Participar de corridas de rua.

Se você pensa em participar de corridas de rua o ideal é tentar fazer o maior número de treinos na rua. Nosso corpo é bastante específico no aprendizado, e a tarefa treinada deve ser a mais próxima possível da tarefa a ser executada. Correr na rua envolve fatores que não estão na esteira, como dividir a atenção com o ambiente, irregularidades do terreno, controlar a velocidade da corrida e ter que executar mais força de propulsão. Esses pontos também devem ser treinados.

A esteira é uma ótima opção para refinar o movimento da corrida (treinar passadas menores e com aterrissagem com o médio pé) e em processos de reabilitação.

Seja qual for seu local de corrida, o negócio é não ficar parado.

Escolha sua opção e saia do sofá!

Anúncios

2 comentários

Contribua comentando aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s